Concorrência: Crackle em fase beta no Brasil

Olá! Se me permitirem mais uma news sem falar diretamente de Pokémon, estou trazendo outra xD

Essa semana postamos aqui na PM sobre o Crunchyroll (veja aqui), serviço de streaming que por um preço acessível permitirá assistir online vários animes e dramas japoneses. Antes disso, já havia outro serviço parecido aqui no Brasil, o Netflix, este mais voltado a filmes americanos, mas também tem alguns animes no catálogo (9, apenas). Agora, um terceiro serviço está vindo, também com animes no pacote.

Em outubro de 2011, a Sony Pictures Entertainment anunciou que o site de streaming Crackle estava próximo de chegar ao Brasil. Agora, o serviço já se encontra funcionado, mas em estado de testes (beta). Infelizmente, muitos dos vídeos ainda estão apenas com áudio ou legenda em inglês. Ao contrário da Netflix e Crunchyroll, o Crackle não será pago e irá funcionar gratuitamente, graças a comerciais inseridos nos vídeos (na forma de intervalos). O endereço do site é http://www.crackle.com.br.

Por enquanto, a lista de filmes e séries disponíveis é limitada, com destaque aos animes Metrópolis, Kurozuka, Tekkonkinkreet (o único em português), Samurai X e Final Fantasy VII: Advent Children. Mas é possível que vários outros animes que estavam nas geladeiras do Animax (atual Sony Spin) ficarão disponíveis também.
Fontes: JBox e ANMTV
Enfim, tomara que essa “concorrência” que está se formando seja benéfica para nós, afinal poucos vão querer assinar dois serviços pagos ao mesmo tempo (Netflix e Crunchyroll), então aquele que tiver melhor conteúdo sairá ganhando. Por outro lado, o Crackle, por ser gratuito, pode servir como “complemento” de um dos dois serviços anteriores, mas também pode desestimular alguns a pagar pos eles (mesmo que na minha opinião o conteúdo do Crunchyroll seja melhor). Lembrando que o Crunchyroll lá nos EUA disponibiliza alguns animes gratuitamente também, só os mais recentes que são exclusivos dos assinantes.
Não deixem de comentar!

Comments

comments

DaniloT_DS

Desde criança gosto de tecnologia e jogos 2D. Conheci o anime de Pokémon em 1999, e os jogos um ano depois (versão Gold). Desde então amo Chikorita e outros pokémon tipo grass. Ajudo a Mythology desde a criação em 2004 e um ano depois comecei a ajudar a publicar notícias. Hoje sou webmaster ao lado do Robert.

Você também pode gostar de...