Spin-off: PMD – Gates to Infinity

Pokémon Mystery Dungeon:
Gates to Infinity

PMD: Gates to Infinity é o primeiro Pokémon Mystery Dungeon feito para o Nintendo 3DS. Como de costume, você é uma pessoa que se transforma num pokémon, que pode ser Pikachu, Snivy, Tepig, Oshawott ou Axew. Você poderá escolher o pokémon que quer ser e quem será o seu parceiro. Sua missão é ir investigar as questões que você vê em seu sonho, sendo enviado por Munna, e recrutar diversos pokémons no decorrer do jogo. Como o jogo foi lançado durante a 5ª geração, temos a presença de diversos pokémons de Unova.

Você começa jogando no Pokémon Paradise (Paraíso Pokémon), um lugar onde você pode encontrar outros pokémons e com a ajuda deles, construir uma cidade, fazendo várias lojas conforme você vai dando rank-up nas missões. O jogo também dispõe de recursos de realidade aumentada, onde os portais para as novas dungeons se abrem quando você aponta a câmera do 3DS para coisas como relógio, moeda, etc. Existem diversas dungeons, todas com itens e pokémons variados.

Esse também é o primeiro jogo de pokémon a possuir uma DLC (downloadable content), com 12 novas dungeons que foram disponibilizadas após o lançamento. Todas elas permitem fácil acesso a itens e pokémons raros que normalmente são difíceis de se encontrar durante o jogo. Outra novidade é o modo de companheiro especial (Companion Mode). A qualquer momento durante o jogo, quando não estiver em uma dungeon, você pode alterar para o Companion Mode, onde você pode controlar um de seus outros pokémons enquanto você e seu parceiro não estão por perto. Isso permite que você possa conseguir mais itens ao participar de missões. Uma outra finalidade desse modo permite que 4 jogadores conectados localmente participem de missões especiais em equipe, inclusive para enfrentar um lendário.

Principais diferenças e novidades

  • Lugia, Ho-Oh e Kyurem serão pokémons de importância para a história do jogo;
  • A nova área principal é conhecida como Pokémon Paradise (Paraíso Pokémon) e apresenta uma grande variedade de pokémons com novas funções e utilidades para o decorrer do jogo;
  • Uma nova característica é a V-Roullet (Roleta-V), controlada por Victini. Através dela, você pode conseguir pokémons de ranks mais altos por meio da V-Wave (Onda-V);
  • Scraggy funcionará como o Move Deleter/Relearner do jogo, possibilitando que você esqueça ou relembre algum dos seus golpes;
  • Azumarill controla o Job Bulletin (Quadro de Missões), onde os jogadores poderão pegar as novas missões;
  • Você poderá construir o Pokémon Paradise, colocando lojas e outros pokémons, conforme você desejar, ao longo do jogo;
  • Pansage tem a habilidade de fazer berries crescerem para te auxiliar durante as missões;
  • Quagsire é usado para checar o status do Pokémon que você recruta e ajudará a formar a sua equipe para as próximas missões;
  • Beartic organiza um mini-game, onde você deve lançar discos no gelo, para fazê-los cair em um buraco;
  • No modo de ataque em conjunto, os “raios” dos corações de todos os pokémons são coletados. Os efeitos variam de acordo com o tipo do pokémon principal, mas ele pode causar bastante dano;
  • Também existem diferentes Team Skills (Habilidades de Time), ainda desconhecidas;
  • Emolga e Dunsparce são melhores amigos e que irão se unir ao seus pokémons durante o jogo.

Prós:

– Gráficos 3D bem melhores.
– Opção de construir o Pokémon Paradise.
– História bastante envolvente.

Contras:

– Animações muito genéricas.
– A repetição e a falta de coisas novas para se descobrir nas dungeons.
– Gameplay muito simplificado e diálogos muito longos.

Trailer Animado:

Screenshots:

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on TumblrEmail this to someonePrint this page