Sexo dos Pokémons

Apesar do sexo dos pokémons já ter sido mencionado na 1ª geração, a introdução oficial desse conceito surgiu na 2ª geração. Foi nessa geração que os pokémons receberam o sexo, salvo alguns pokémons, que permaneceram assexuados. Esta característica permitiu com que os pokémons pudessem cruzar e, consequentemente, botar ovos. Claro, todos os pokémons nascem de ovos, entende-se que os ovos já existiam na 1ª geração, porém nosso contato com eles se aprofundou na 2ª geração, onde os ovos podiam ser obtidos nos games. Enfim, os pokémons que possuem sexo nem sempre possuem exemplares machos e fêmeas. Certas espécies existem apenas pokémons machos, outras, apenas fêmeas.


O sexo de Nidoran era indicado duas vezes na 2ª geração: uma no próprio nome e outra no indicador de sexo.
Nas gerações posteriores, o indicador de sexo não é mais exibido, justamente por já os possuírem no próprio nome.

Nidoran

Nidoran é um caso especial em se tratando de sexo. Desde a 1ª geração Nidoran já era identificado como macho ou fêmea. A diferença entre o macho e a fêmea de um Nidoran são bastante perceptíveis. A Pokédex reconhece o Nidoran♂ e a Nidoran♀ como duas espécies diferentes de pokémons, cada qual possuindo sua própria linha evolutiva, porém bastante similar. Os ovos botados por uma Nidoran♀ (ou por um Ditto que cruzou com um Nidoran♂) possuem 50% de chances de nascer Nidoran♂ e 50% de nascer Nidoran♀, logo, eles realmente estão relacionados.


Outros

Em uma maneira parecida com a de Nidoran, ovos produzidos por Illumise podem chocar em Volbeat. A partir da 5ª geração, se cruzar um Ditto com Volbeat poderá nascer Illumise. Mothim e Wormadam também estão relacionados devido ao fato de evoluírem de um mesmo pokémon. Latios e Latias, embora não possam cruzar nos games, possuem alguma relação, uma vez que Latios (filhote) nasceu de um dos ovos da Latias do 5º filme.



Meowstic

As diferenças entre macho e fêmea que Meowstic possui, diferente dos outros pokémons, não são meramente estéticas. Além de ambos possuírem Hidden Abilities diferentes, os golpes que eles podem aprender também podem variar. O macho costuma aprender mais golpes de status, enquanto a fêmea aprende mais golpes especiais.

Casais não oficiais

Alguns pokémons possuem um par, mas não estão oficialmente relacionados. É importante ressaltar que podem existir Gardevoir macho e Glalie fêmea:





Diferenças entre machos e fêmeas

A partir da 4ª geração, foram descobertas algumas características em alguns pokémons que facilita a distinção de um macho e uma fêmea. São detalhes como manchas no corpo, tamanho dos chifres, das presas, do cabelo, da pelugem, dos bigodes, ou mesmo a cor do pokémon pode ser drasticamente diferente em cada sexo.




Proporção de sexos

Na natureza, algumas espécies de pokémon existem machos em maior abundância, outras espécies, as fêmeas são mais abundantes. Bulbasaur, por exemplo, tem 87,5% de probabilidade de ser macho, contra 12,5% de ser fêmea. Isso significa que para cada 1 Bulbasaur fêmea, existem 7 Bulbasaur machos. Já Clefairy possui 25% de chances de ser macho, contra 75% de ser fêmea. Ou seja, para cada 1 Clefairy macho existem 3 Clefairy fêmeas.

Azurill

Azurill possui uma proporção de sexo diferente de suas evoluções Marill e Azumarill. Azurill tem 25% de chances de ser macho e 75% de ser fêmea, já Marill e Azumarill existem 50% de machos e 50% de fêmeas. Por esta razão, uma em cada 3 Azurill fêmeas pode se tornar macho ao evoluir. Isso é uma falha do mecanismo dos games, pois, em geral, pokémons não mudam de sexo, mesmo durante um processo de evolução (obs.: isso não há nenhuma relação com homossexualismo). Esse problema foi corrigido na 6ª geração.

Evoluções baseadas no sexo

Algumas evoluções de pokémons só podem ser obtidas caso sejam de um determinado sexo.

  • As fêmeas de Combee evoluem para Vespiquen no lv.21. Combees machos nunca evoluem.
  • No lv.20, Burmy, se for fêmea, evolui para Wormadam, se for macho, para Mothim.
  • Apenas os machos de Kirlia podem evoluir em Gallade.
  • Apenas as fêmeas de Snorunt podem evoluir em Froslass.

Pokémons de apenas um sexo

Certas espécies de pokémons existem em apenas um sexo e não possuem um parceiro correspondente (como Volbeat e Illumise).

Machos:

Fêmeas:

Pokémons assexuados

Existem pokémons que não possuem sexo. Apesar disso, são capazes de reproduzir. No entanto, mesmo pertencendo a determinados grupos de cruzamento, não são capazes de cruzar com um macho ou uma fêmea do grupo de cruzamento que pertencem, ou mesmo com um outro pokémon assexuado. Em outras palavras, só conseguem cruzar com Ditto.

PS: Os Unowns e a maior parte dos pokémons lendários são assexuados, mas não são capazes de cruzar nem mesmo com Ditto. Isso não quer dizer necessariamente que são incapazes de se reproduzir, uma vez que já foi visto filhotes de lendários no anime. Apenas possuem uma forma desconhecida de reprodução. Além disso, pokémons que são considerados “bebês” por natureza (como Cleffa e Igglybuff), apesar de possuírem sexo, são incapazes de reproduzir.

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on TumblrEmail this to someonePrint this page

Comments

comments

Robert

Webmaster da Pokémon Mythology. Responsável pela redação e administração. Escreve a maior parte do conteúdo do site, em especial os detonados.

Você também pode gostar de...

  • Kaique

    Muito legal a matéria, cara! Sempre bem vinda matérias assim!

    Engraçado, antigamente havia vários comentários por post. Cadê o povo?

    • Robert

      Não sei por que, mas de um tempo para cá parece que os fãs perderam o interesse de interagir no site… ninguém comenta mais =(