Radionovela: Capítulo IV – O Pokémon mais forte do mundo

O Nascimento de Mewtwo

Capítulo IV

O Pokémon mais forte do mundo

Giovanni: Pocket Monsters, a Radionovela: O Nascimento de Mewtwo, Episódio nº 4.

Amber: (ouve-se um som de pulsação) Você irá viver. Tenho certeza de que viver será maravilhoso. (o sinal de pulsação acaba)

Computador: Os sinais vitais pararam.

Dr. Fuji: Amber se dissolveu no tubo de vidro. Foi uma vida onde ela não saiu fora dele.

Mewtwo: Amber, elas não param… as lágrimas… o que devo fazer? Amber? Me responda… Amber…

Dr. Fuji: Eu não me importo. Enquanto tivermos a análise da Amber, podemos fazer quantas cópias eu quiser. Eu não vou desistir.

Mewtwo: Fazer? Quantas quiserem? Isso não está certo. Só há uma Amber.

Dr. Fuji: Posso fazer várias cópias enquanto tiver a base.

Mewtwo: Houve apenas uma Amber que falou comigo.

Pesquisador: (o computador do laboratório faz ruídos) As ondas cerebrais do Mewtwo estão muito agitadas.

Dr. Fuji: Não é bom estimulá-lo agora. Dê a ele um tranquilizante. Coloquem-no para dormir.

Pesquisador: Sim senhor. (Mewtwo adormece) O tranquilizante foi injetado, as ondas cerebrais estão se acalmando. Ondas cerebrais normais. O Mewtwo está adormecido.

Dr. Fuji: Bom. Só temos a ponta do fóssil da sobrancelha do Mew. (para o pesquisador) Veja bem, nós não podemos recriá-lo repetidas vezes, como a Amber. Tratem dele com cuidado.

Mewtwo: (pensa para si mesmo) Estive adormecido por muito tempo. A Amber e os Pokémons que foram feitos aqui… tudo desapareceu além do meu sono. Mas… eu estava gritando. Mais e mais… eu estava gritando a mesma coisa. Onde é este lugar? Quem sou eu? Quem me trouxe aqui?

Dr. Fuji: E aquele dia chegou…

Mewtwo: Onde estou? Quem sou eu? Quem me trouxe aqui? (com voz adulta) Que lugar é esse? Quem sou eu? Quem me trouxe aqui? (o contêiner de vidro onde Mewtwo estava aprisionado começa a rachar)

Dr. Fuji: O quê? (o poder de Mewtwo pega o Dr. Fuji de surpresa)

Computador: Vibrações emocionais intensas. Fonte: Mewtwo. É o Mewtwo.

Dr. Fuji: O Mewtwo acordou… completamente!

Pesquisador: A experiência é um sucesso!

Dr. Fuji: Mas… isto é…

Pesquisador: Sim, é muito mais poderoso do que nós pensávamos! (Mewtwo destroi o contêiner de vidro completamente)

Dr. Fuji: (narrando) Poderes psíquicos, poderes de incapacitação, psicocinese… há muitos Pokémon que possuem estes poderes. Mas os poderes psíquicos emitidos por Mewtwo são tão fortes, além do alcance.

Mewtwo: O que é este poder? O QUE EU SOU? (ataca o laboratório)

Pesquisador: Não pode ser… Mewtwo está se desenvolvendo rapidamente!

Computador: (som de alarme) Perigo! Iniciar sistema de segurança automático. Atacar Mewtwo.

Dr. Fuji: Não!

Computador: (atira e mata o Mewtwo, o pulso vital se extingue) Os sinais de vida de Mewtwo diminuíram.

Dr. Fuji: O que você fez?!

Pesquisador: Espere um pouco! Mewtwo está…

Dr. Fuji: O quê?

Computador: Os sinais de vida do Mewtwo voltaram. O Mewtwo está regenerando a si mesmo agora.

Dr. Fuji: Regeneração? Esplêndido!

Mewtwo: Quem foi que me atacou?! Quem é que tentou me eliminar?!

Computador: Perigo. Iniciar sistema de segurança automático. Eliminar Mewtwo.

Mewtwo: Você?!

Computador: Atacar.

Mewtwo: Não vou permitir! (ataca o computador do laboratório)

Computador: (mal funcionamento) In… capaz.. sis… tema… seguran… tomático… não conseg… funcionar… (o computador explode)

Dr. Fuji: Esplêndido, Mewtwo! Mal posso acreditar nesses poderes.

Mewtwo: Mewtwo… Mewtwo?

Dr. Fuji: Este é você. Nós criamos você a partir daquele dito ser o Pokémon mais raro na Terra.

Mewtwo: Mewtwo… sou o segundo Mew.

Mew: Mew.

Mewtwo: Mas, Mew… o que é Mew?

Mew: Mew… Mew… Meeew…

Dr. Fuji: (narrando) Apontei para o retrato de Mew na parede. (fala para o Mewtwo) Esse é o Mew. O Pokémon mais raro da Terra.

Mewtwo: Mew… É algum parente meu? Meu pai? Minha mãe?

Dr. Fuji: Você pode chamá-lo assim, mas talvez não seja isso. Você foi criado com base num fóssil de uma sobrancelha dele.

Mewtwo: Quem? Se não é o meu pai, ou mãe, então deve ser Deus! Está dizendo que Deus me criou?

Dr. Fuji: Os únicos que podem criar vida neste mundo são Deus e os humanos. Mas…

Mewtwo: Mas?

Dr. Fuji: Os humanos provavelmente são os únicos que conseguem criar vida em tubos de vidro.

Mewtwo: Todos vocês? Vocês, humanos… me fizeram… um Pokémon…? Eu? Quem sou eu? Onde é esse lugar? Por que eu nasci?! (começa a atacar o laboratório)

Dr. Fuji: Para criar o Pokémon mais forte do mundo… esse era o nosso sonho.

Mewtwo: Nesse caso, irei mostrar-lhes se esse sonho se tornou realidade ou não. ESTA É A MINHA FORÇA! (Os poderes de Mewtwo explodem o laboratório de New Island)

Dr. Fuji: (narrando) Os poderes do Mewtwo eram mais fortes do que qualquer um teria imaginado. O laboratório inteiro foi destruído.

Mewtwo: (sons de ondas batendo) Esta é a minha força. Eu sou forte.

Mew: Mew?

Mewtwo: Hm? Onde está você, Mew? Será que sou o mais forte neste mundo, Mew? Será que sou mais forte até do que você?

Mew: Mew… Mew… Mew…

Mewtwo: Mew… Onde está indo? Está dizendo que nem sequer fala com uma cópia como eu? É isso? Mew, mostre-se para mim. Mostre-me quem é mais forte!

Giovanni: (aparece perto de Mewtwo) É verdade que você pode ser o Pokémon mais raro e poderoso do mundo. Se puder provar isso, tenho certeza que o Mew verdadeiro também não irá te deixar.

Mewtwo: Está dizendo que Mew poderá aparecer se for assim?

Giovanni: Talvez. Mas mesmo você sendo o Pokémon mais forte, existem criaturas mais fortes.

Mewtwo: Além dos Pokémon?

Giovanni: Humanos fortes como eu. Eu sou Giovanni, o líder da Equipe Rocket. Sou um humano poderoso, planejando dominar este mundo.

Mewtwo: Humanos, poderosos? Você, poderoso?

Giovanni: Os humanos te criaram. Os humanos têm o conhecimento e o poder para criar o Pokémon mais forte.

Mewtwo: Conhecimento e poder?

Giovanni: Se você e os humanos unirem forças, o mundo será nosso!

Mewtwo: O mundo será nosso…

Giovanni: Mas… se deixarmos os seus poderes como estão, o mundo apenas irá perecer. Você terá que controlar seus poderes.

Mewtwo: Controlar?

Giovanni: Não se importa de explodir o mundo, como fez com esse laboratório?

Mewtwo: O que devo fazer? (Mewtwo é suprimido com armadura e correntes) Isto é…

Giovanni: Vamos suprimir os seus poderes com estas correntes e armadura. (mais colocação de armadura e correntes) Quando eles forem necessários, removeremos a armadura e libertaremos os seus poderes.

Mewtwo: O que está tentando fazer com que eu faça?

Giovanni: Fácil. Apenas vamos continuar o que tem sido feito neste planeta por muitos, muitos anos.

Mewtwo: O que é?

Giovanni: Lutar, destruir, e roubar… os fortes vencem. Começaremos capturando Pokémons. Assim conheceremos a sua verdadeira força.

Mewtwo: Capturar Pokémons?

Giovanni: Não as cópias, mas os verdadeiros.

Mewtwo: E depois quero derrotar o Mew verdadeiro.

Giovanni: Você será uma existência que irá superar até Mew. Então, será o Pokémon mais forte do mundo.

Mewtwo: O mais forte do mundo! (pensa para si mesmo) As criaturas vivas não derramam lágrimas. Se o fazem, são apenas lágrimas de dor. Eu não chorarei lágrimas de tristeza ou de dor. Porque eu devo ser o mais forte do mundo… Eu não tenho tristeza ou dor! (fala para o Giovanni) Você… Giovanni, certo?

Giovanni: Está certo. Eu sou Giovanni. Um humano, apto a governar este mundo.

Mewtwo: Quantas espécies de Pokémons existem neste mundo?

Giovanni: Mais de 150, seguramente.

Mewtwo: Mostrarei a vocês minha força!

Miyamoto: (o vento de uma nevasca sopra na Cordilheira dos Andes) Mew… Mew!… Onde você está? Afinal, sou a Miyamoto-chan. Não vou desistir. A essa altura minha filha de quem me separei irá se casar… quero deixá-la usar um belo vestido de noiva. Mew! Apareça! Sou eu, Miyamoto-chan. (o vento sopra outra vez)

ELENCO:

Mewtwo: Mewtwo. ICHIMURA Masachika
Dr. Fuji: Dr. Fuji. AKIMOTO Yousuke
Mew: Mew. YAMADERA Kouichi
Mewtwo jovem: Mewtwo jovem. TAKIMOTO Fujiko
Amber: Amber. HIKAMI Kyouko
Miyamoto: Miyamoto. TOUMA Yumi
Pesquisador: Pesquisador. KONISHI Katsuyuki
Giovanni: …e Giovanni. SUZUOKI Hirotaka… trouxeram isto [a radionovela] para você.

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on TumblrEmail this to someonePrint this page