Pokémons com evoluções trans-geracionais

Existem alguns pokémons que inicialmente não tinham uma evolução, mas com a chegada de uma nova geração, passaram a ter. Existem outros que já possuíam uma evolução e passaram a ter outra(s) com as novas gerações, tendo assim umacadeia evolutiva ramificada. Em geral, essas novas evoluções são realizadas através de um método onde não seria possível existir numa geração anterior. Vamos acompanhar isso em cada caso nesta matéria.


Crobat surgiu na 2ª geração, é a evolução de Golbat. Nos games da 1ª geração, pokémons não possuíam medidores de felicidade, um recurso que surgiu apenas na 2ª geração. Como Golbat evolui por felicidade, não haveria como obtê-lo em R/B/G/Y caso tentássemos aumentar a felicidade dele, já que não existia isso nas primeiras versões.


Por mais que você tenha explorado Kanto em R/B/G/Y, nunca encontrará uma Sun Stone para “acidentalmente” conseguir um Bellossom na geração onde ele ainda não existia. Gloom vai depender de uma pedra evolutiva de qualquer jeito para poder evoluir, porém agora tanto a Leaf Stone quanto a Sun Stone funcionarão para acontecer uma evolução.


Poliwhril é outro pokémon que não consegue evoluir por conta própria. Era preciso que entrasse em contato com uma Water Stone. Só que agora, se for entregue uma King’s Rock e feito uma troca, também é possível nascer uma evolução: Politoed. Para variar, é um item que só pode ser obtido nos games da 2ª geração em diante.


Slowpoke evolui naturalmente para Slowbro ao atingir o level 37 (ou quando um Shellder morde o seu rabo, conforme o anime). No entanto, caso você entregue a ele uma King’s Rock e consiga fazer uma troca antes que ele evolua para Slowbro, Slowpoke evoluirá para Slowking. Como já aprendemos, esse item não existia em R/B/G/Y.


Para atingir o estágio de Magnezone, Magneton precisa treinar em lugares rochosos e que emitem algum tipo de magnetismo. Locais como o Mt. Coronet e a Chargestone Cave são perfeitos para a evolução de Magneton ocorrer. Até então, nos jogos, não se conhece nenhum lugar similar em Kanto, Johto ou Hoenn para que essa evolução aconteça, logo, nada que atenda os requisitos para se evoluir um Magneton em games da 1ª, 2ª e 3ª gerações, ou mesmo nos remakes HG/SS.


De uma maneira similar a Poliwhril e Slowpoke, para poder evoluir, Onix precisa ser trocado segurando um item. O item em questão é o Metal Coat. Mais uma vez, um item impossível de se obter nos games da 1ª geração.


Para evoluir Lickitung, é preciso que o pokémon aprenda o golpe chamado Rollout. Não havia como Lickitung aprender esse golpe de nenhuma maneira na primeira geração (até porque o golpe ainda não havia sido introduzido). No entanto, em G/S/C era possível que Lickitung aprendesse Rollout via TM 04. Já em Emerald, Rollout poderia ser ensinado através de Move Tutor. Logo, Lickilicky poderia ter sido obtido tanto na 2ª quanto na 3ª geração caso existisse, pois existiam caminhos possíveis de se ter Lickitung com Rollout. Um descuido por parte dos produtores ao criar esse método de evolução.


Rhydon evolui para Rhyperior ao ser trocado segurando um Protector, item este que surgiu na 4ª geração de games. Desta forma, sem chances de Rhyperior poder ter existido nos games da 1ª, 2ª e 3ª gerações.


Da mesma forma que Golbat, Chansey só consegue evoluir com alta felicidade. Como ainda não existia o mecanismo de felicidade na 1ª geração, também não temos recursos válidos para que uma Blissey pudesse ter sido obtida.


O golpe AncientPower ainda não existia nos games na 1ª geração. Nas 2ª e 3ª gerações, Tangela não era capaz de aprender esse golpe, nem por level, nem por TM, nem por Move Tutor, nem por breeding, tampouco por evento. Como Tangela depende desse golpe para evoluir, não haveria nenhuma chance de Tangrowth ter sido conseguido nas gerações anteriores.


Mais um pokémon que para evoluir é necessário ser trocado com um item especial. Desta vez, precisamos de um Dragon Scale, item esse que só surgiu com os jogos G/S/C. É importante observarmos também que em R/B/G/Y não era possível dar itens para pokémons segurarem. Ou seja, definitivamente não haveria nem como Seadra evoluir para Kingdra.


Electabuz necessita do item Electirizer para evoluir, durante uma troca. Como o item só surgiu na 4ª geração, não havia possibilidade de Electivire existir em nenhuma das gerações anteriores.


Magmar é muito similar a Electabuzz, evolui por troca e com um item introduzido na 4ª geração, o Magmarizer, que também o torna impossível de existir nas gerações anteriores.


No caso de Scyther, a troca deve ser feita com o mesmo item de Onix: o Metal Coat. Isso incapacita a existência de Scizor nos games da 1ª geração. Repare que muitos pokémons que ganharam fortes evoluções nas gerações posteriores possuem como requisito de evolução a troca com item.


Desta vez temos toda a cadeia evolutiva baseada em troca com um determinado item. Porygon necessita de um Up-Grade para torna-se Porygon2, que por sua vez precisa de um Dubious Disc para evoluir em Porygon-Z. Cada um desses itens surgiu respectivamente na mesma geração em que a nova evolução surgiu, impossibilitando, portanto, a evolução ter existido anteriormente.


A Shiny Stone é uma pedra que surgiu a partir dos games da 4ª geração. Desta forma, não era possível possuir uma nos games da 2ª ou 3ª geração. Sendo assim, Togekiss nunca seria capaz de estar nessas gerações.


Quando Aipom aprende o golpe Double Hit, torna-se capaz de evoluir para Ambipom. Esse golpe não podia ser aprendido por ele nem na 2ª e nem na 3ª geração, uma vez que ainda não havia sido introduzido nos jogos. Logo, não havia nem meios de nenhum pokémon aprender esse golpe, já que só surgiu na 4ª geração.


Yanma torna-se apto a evoluir para Yanmega ao aprender o golpe Ancient Power. Não havia nenhum método para Yanma aprender esse golpe na 2ª e 3ª geração, então, não havia a possibilidade de Yanmega ser obtido.


Para a evolução de Murkrow é necessário o uso da Dusk Stone. É uma pedra existente a partir da 4ª geração. Por mais que procure, não irá encontrar essa pedra em gerações anteriores, o que impede que Hounchkrow pudesse ter surgido antes.


O mesmo caso de Murkrow, Misdreavus só evolui por Dusk Stone. Como a pedra não podia ser obtida na 2ª e 3ª geração, Mismagius também só é possível a partir da 4ª geração.


Gligar evolui quando segura um item chamado Razor Fang e sobe de level. Também é um item que não pode ser obtido na 2ª e 3ª geração, pois só pode ser encontrado a partir da 4ª geração de games. Definitivamente sem possibilidades de que Gliscor pudesse surgir antes.


Sneasel evolui sob as mesmas condições de Gligar, porém o item em questão é o Razor Claw, que também só aparece da 4ª geração em diante, impossibilitando também a existência de Weavile anteriormente.


Piloswine é mais um pokémon que ao aprender AncientPower torna-se capaz de evoluir. Só que desta vez temos um porém: caso um Dunsparce♂ ou um Kecleon♂ possuísse o golpe AncientPower e cruzasse com um Swinub/Piloswine♀, era capaz de nascer um Swinub com Ancient Power. Logo, caso Mamoswine existisse, haveria maneiras de obtê-lo, tanto na 2ª quanto na 3ª geração. Mais uma falha por parte dos produtores.


Kirlia ganhou uma evolução ramificada com a chegada de Gallade na 4ª geração. Ele ainda pode evoluir normalmente para Gardevoir ao atingir o level 30, mas se antes disso Kirlia tocar uma Dawn Stone, evoluirá para Gallade, caso for um macho. As fêmeas sempre se tornarão Gardevoir, a pedra não tem nenhum efeito sobre elas. Por acaso, a pedra não podia ser obtida em R/S/E, nem em FR/LG, visto que surgiu na 4ª geração. Logo, os Kirlias machos não tinham outra opção a não ser tornar-se Gardevoir.


Da mesma forma que Magneton, Nosepass precisa treinar em lugares rochosos e que emitem algum tipo de magnetismo, como  Mt. Coronet e Chargestone Cave. Como não encontramos locais assim nos games da 3ª geração, Probopass não poderia surgir antes de nenhuma maneira.


Roselia necessita da Shiny Stone para atingir o estágio de Roserade. Essa pedra ainda não existia nos games R/S/E e FR/LG, não permitindo que Roselia pudesse evoluir antes de Roserade ter sido lançado.


Dusclops é o último pokémon que evolui ao ser trocado segurando um item (ufa!). O item é o Reaper Cloth, que também não existia em R/S/E e FR/LG. Dusknoir só foi possível mesmo da 4ª geração para frente.


De uma maneira similar a Kirlia, Snorunt pode evoluir por level e por pedra. Evolui em Glalie normalmente ao atingir o level 42, mas se antes disso for usado uma Dawn Stone e o Snorunt for fêmea, evoluirá em Froslass. Como é uma pedra que veio com a 4ª geração, os Snorunts fêmeas não tinham escolha a não ser evoluir para Glalie nos games da 3ª geração. Já os machos, não importa a pedra ou a geração, só poderão evoluir para Glalie.


Por fim temos Eevee, o pokémon com o maior número de ramificações. Evolui para Espeon e Umbreon de acordo com o período do dia. Em R/B/G/Y ainda não havia o sistema de dia e noite, logo, não haveria maneiras de obtê-los caso existissem na época. Já no caso de Leafeon e Glaceon, Eevee precisa subir de level próximo a Moss Rock/Ice Rock, que até então não se sabe a localização de algum desses rochedos nas regiões de Kanto, Johto ou Hoenn, impedindo que Eevee pudesse evoluir para esses pokémons nas 1ª, 2ª e 3ª gerações, ou mesmo nos remakes HG/SS.


Como podemos ver, todos os pokémons que possuem evoluções ramificadas são por conta de novos pokémons que surgiram em gerações posteriores (exceto Eevee que já era ramificado desde a 1ª geração). Além disso, quando um pokémon ganha uma nova evolução na(s) geração(ões) seguinte(s), o método de evolução é feito de tal forma que, se a tal nova evolução existisse numa das gerações anteriores, não pudesse ser obtida. Lickilicky e Mamoswine foram os únicos casos onde os produtores não se atentaram, mas reparem que para todos os outros tiveram esse cuidado, criando novos itens, novos métodos de evolução, entre outros requisitos para que a tal nova evolução não pudesse acontecer numa das gerações anteriores. É por essa razão que não fizeram Eevee evoluir com Moon Stone ou Leaf Stone, ou que as novas evoluções sejam alcançadas apenas subindo level, ou que não seja necessário trocar com um item, entre outras maneiras mais simples. Muitas coisas são analisadas quando são criadas novas evoluções de pokémons.

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on TumblrEmail this to someonePrint this page

Comments

comments

Robert

Webmaster da Pokémon Mythology. Responsável pela redação e administração. Escreve a maior parte do conteúdo do site, em especial os detonados.

Você também pode gostar de...