Masuda conta em entrevista sobre a ausência da Battle Frontier nos remakes

O site italiano Pokémon Millennium fez recentemente uma entrevista com Junichi Masuda e Shigeru Ohmori, dois dos produtores dos jogos da Game Freak. Nessa entrevista temos algumas curiosidades sobre os novos jogos Omega Ruby e Alpha Sapphire, entre elas, o motivo da Battle Frontier de Emerald não estar presente nos jogos. Confira a entrevista clicando em notícia completa!

Em Pokémon Omega Ruby e Alpha Sapphire foram introduzidas algumas características nunca vistas até então, como voar pelos céus e a DexNav. Quais desses experimentos serão incluídos nos jogos futuros e quais continuarão a ser exclusivos para estes jogos? Há um conjunto de mudanças nos próximos títulos da série?

A estrutura básica da série Pokémon como líderes de ginásio, Elite Four, campeões e todos os outros elementos que sustentam todas as gerações não vai mudar nos próximos jogos. Nós ainda não decidimos quais elementos introduzidos em Omega Ruby e Alpha Sapphire iremos manter ou retirar nos jogos futuros. Nós nunca separamos o que temos em "teste" dos "elementos que iremos manter", tudo depende das reações que os fãs terão.

 

Nos últimos anos criou-se entre os fãs de Pokémon uma grande atmosfera de expectativa para o suposto remake de Pokémon Ruby e Sapphire. A internet foi invadida por imagens com o tema "Hoenn Confirmed" e você mesmo (Masuda) se deparou com muitos fãs que o seguem no Twitter, podendo constatar isso pessoalmente. Nós nos perguntamos se esse grande desejo dos fãs de alguma forma influenciou a escolha de criar Pokémon Omega Ruby e Alpha Sapphire.

Desta vez foram bastante influenciados pelos fãs e eu já tinha planejado criar estes remakes há algum tempo. Em 21 de novembro de 2012, o dia do décimo aniversário de Pokémon Ruby e Sapphire, decidi confiar a tarefa de Diretor de Jogo a Shigeru Ohmori, pois foram os primeiros jogos em que ele trabalhou quando entrou para a Game Freak.

Em Pokémon Omega Ruby e Alpha Sapphire notamos uma queda de dificuldade em comparação aos jogos anteriores da série. Por que essa escolha? No futuro, haverá um recurso que permita que você defina o nível de dificuldade como aconteceu em Pokémon Black 2 e White 2?

Mas como? Você já jogou os jogos?? (risos) Nós criamos um jogo "equilibrado", que foi adaptado para os tempos que vivemos hoje, onde todos os jovens são muito ocupados e vivem uma outra realidade. Através do Smartphone e outros dispositivos, você pode acessar muitos jogos, fazendo com que o tempo que você dedica a um único jogo seja muito menor do que no passado. O jogador pode então decidir se quer continuar o jogo depois da história principal, mais precisamente onde a dificuldade aumenta, onde nós somos treinadores e os desafios são muito mais difíceis de lidar.

 

Por que vocês não fizeram uma Battle Frontier?

Esta questão está relacionada com a resposta anterior. Nós não fizemos a Battle Frontier exatamente por esse motivo. (Nota do entrevistador: em outras palavras, a Battle Frontier não foi incluída porque apenas uma pequena parte dos jogadores a completaria, e consequentemente, aproveitaria melhor esse recurso do jogo. Hoje os jogadores se cansam mais facilmente do que no passado e não se interessam por coisas muito "desafiadoras")

Nos remakes de Pokémon HeartGold e SoulSilver a trilha sonora tinha um novo arranjo/remix em comparação com os originais Pokémon Gold e Silver. Em Pokémon Omega Ruby e Alpha Sapphire além de uma adaptação muito fiel a trilha sonora original também foram criadas novas músicas para algumas partes do jogo. Por que essa escolha?

É uma questão bastante técnica, antes havia limitações na criação da música, mas agora com o Nintendo 3DS, o processo é muito mais fácil e podemos explorar melhor o potencial do console.

 

Baseado no quê você escolhe as regiões onde vai se passar a história dos jogos de Pokémon? As suas viagens de alguma forma afetam a decisão de criar um jogo tematizado em uma região? Nestes dias que você teve a chance de visitar a Itália, há uma possibilidade de que, no futuro, um jogo de Pokémon seja baseado apenas em nosso país, através da inserção de elementos e características das cidades?

Antes definimos o tema do jogo e depois decidimos em qual região basear-se. No caso de Pokémon X e Y tínhamos escolhidos a França enquanto o tema era beleza (Kalos significa isso em grego antigo), quisemos enfatizar este aspecto por ser o primeiro jogo para Nintendo 3DS. Em Pokémon Black e White o tema escolhido foi a união e havia tantas pessoas e cidades diferentes, na verdade, era um "all together" (daí o nome "Unova"). Se em futuros jogos iremos encontrar um tema que seja representado pela Itália, talvez um dia… (risos) quem sabe!

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on TumblrEmail this to someonePrint this page

Comments

comments

Robert

Webmaster da Pokémon Mythology. Responsável pela redação e administração. Escreve a maior parte do conteúdo do site, em especial os detonados.

Você também pode gostar de...

  • Maxie

    e vai ter um do brasil ?????????????????????????????? heim

    • allankenichi

      Ah n da pra alguem ir la e pergunta o q eles acham do Brasil?!
      Mas mesmo assim acho muito provavel q nao Maxie,aqui n Brasil n deve ter muito fan de pokemon(ou tem?).Só se for por causa de muita peticão.

    • ferys

      se os diretores de pokemon escolherem o tema “futebol” com certeza vão escolher o Brasil 😛

  • JRico9

    Alguem me pode dizer se ja há um emulador e rom para 3ds e os seus jogos fiavel?
    Obrigado

  • jhopower

    e aew negad suavis? gostaria de ajuda com um torneio que estou organizando de liga pokémon se for possível.
    aqui está o link com a descrição das regras. agradeço desde já
    http://gamesoverloader.blogspot.com.br/2014/12/overloader-league-challenge-begins.html#more