Fairy-type Confirmed!

No princípio, existiam apenas 15 tipos de pokémon: Normal, Fogo, Água, Elétrico, Planta/Grama, Gelo, Lutador, Veneno, Terra, Voador, Psíquico, Inseto, Pedra/Rocha, Fantasma e Dragão. A segunda geração introduziu dois novos tipos: Noturno/Sombrio e Metálico/Aço. Desde então, pokémon seguiu por gerações com esses 17 tipos. Agora, mais de 10 anos depois, surge um novo tipo na série: o tipo Fada!

Antes de mais nada, fada parece ser um tipo para pokémon? Por que não? Os tipos de pokémons não estão limitados apenas aos elementos da natureza, como fogo e água. Insetos, fantasmas e dragões são criaturas, assim como as fadas, logo, o tipo pode ser muito bem aceitável. Temos tipos que até se baseiam mais no comportamento, como é o caso dos pokémons voadores, lutadores e noturnos (que são conhecido como sombrios (Dark) nos EUA e malignos (Evil) – no sentido de trapaceiros – no Japão).

A ideia do tipo fada foi inicialmente criada para balancear o tipo dragão, que é um tanto “duro na queda”, pois possui resistência a tipos comuns como fogo e água, e fraqueza por tipos mais raros, como gelo. Com o tipo fada existindo, temos mais uma arma para combater dragões. As fadas são criaturas místicas que geralmente possuem poderes para realizar encantamentos. Muitas vezes são criaturas pequenas e delicadas, que possuem asas similares a de um inseto, como a libélula.

Por que criaturas tão delicadas como as fadas seriam capazes de enfrentar criaturas monstruosas, como dragões? Em sua essência, as fadas são criaturas mágicas. Combater dragões usando magia não é lá uma ideia que surgiu da noite para o dia. É melhor pensar no tipo fada como um tipo mágico ou espiritual. Vendo dessa forma, um tipo fada não parece ser tão estúpido, pelo contrário, acaba se tornando interessante no quadro de tipos.

Então por que não criaram um tipo “magia”? Será que isso não ficaria muito parecido com um tipo psíquico? Oras, não poderiam criar um tipo apenas para vencer dragões. Uma das fraquezas do tipo fada é o tipo veneno. Como veneno é um tipo que possui vantagem apenas contra os tipo planta, acaba ficando em segundo plano, visto que muitos preferem combater o tipo planta com golpes de fogo, voadores, ou mesmo de gelo. O tipo veneno ficaria mais interessante se tivesse vantagem a mais outro tipo, mas… a magia? Quais seriam as fraquezas de um tipo como magia? Fadas, no entanto, por serem criaturas delicadas, parecem que sofreriam um dano terrível se fossem atacadas com veneno.

A introdução desse novo tipo afetou alguns pokémons das gerações anteriores. Temos como exemplo Jigglypuff da 1ª geração, Marill da 2ª e Gardevoir da 3ª. Jigglypuff evolui com a pedra da lua que possui uma origem misteriosa, tem uma voz encantadora, que faz os ouvintes dormirem, além de olhos compenetrantes. Marill possui uma boa audição e uma esfera que lhe serve como boia mesmo em fortes correntezas, o que pode lhe dar a condição de um espírito salva-vidas marinho. Gardevoir é um pokémon conhecido por possuir uma natureza protetora para seu treinador, atuando como se fosse o seu "anjo da guarda". Diversos outros pokémons também ganharam esse novo tipo. Sylveon, a nova evolução de Eevee, é mais um exemplo.

O novo tipo fada está aí para implementar as estratégias de batalha. Teremos que nos reeducar para saber explorar bem seus pontos fortes, quando forem utilizados, e estar preparado para atacar seus pontos fracos, quando forem enfrentados. Mais um artifício para deixar as batalhas pokémon mais interessantes.

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on TumblrEmail this to someonePrint this page

Comments

comments

Robert

Webmaster da Pokémon Mythology. Responsável pela redação e administração. Escreve a maior parte do conteúdo do site, em especial os detonados.

Você também pode gostar de...